7 dicas básicas para escolher o melhor ginásio | Fitness

Você já ouviu falar deles. Sabe que existem e que, desde alguns anos, estão muito na moda, mas nunca haviam conseguido despertar em você um interesse. No entanto, neste verão você já viu muitos músculos na praia, talvez até mesmo alguns que não sabia nem que existia. É por isso que você decidiu subir para o carro e inscrever-se definitivamente a um centro de fitness, quer porque quer iniciar uma vida mais saudável, porque você gosta de fazer algo de desporto para simplesmente se manter em forma ou, até mesmo porque deseja entrar como um touro para que todas as meninas que se cruza-se desnuquen ao repasarte de cima para baixo.

Assim, seja qual for a motivação que tenha aflorado em ti e, independentemente das metas que pretende alcançar, o caso é que você quer é incluir o exercício físico entre os seus hábitos. Mas para isso, você deve encontrar o centro perfeito, que lhe permita levar a cabo os propósitos que te tenha marcado. Siga as seguintes dicas para escolher o ginásio perfeito e que melhor se adapte às suas necessidades.

Você já ouviu falar deles. Sabe que existem e que, desde alguns anos, estão muito na moda, mas nunca haviam conseguido despertar em você um interesse. No entanto, neste verão você já viu muitos músculos na praia, talvez até mesmo alguns que não sabia nem que existia. É por isso que você decidiu subir para o carro e inscrever-se definitivamente a um centro de fitness, quer porque quer iniciar uma vida mais saudável, porque você gosta de fazer algo de desporto para simplesmente se manter em forma ou, até mesmo porque deseja entrar como um touro para que todas as meninas que se cruza-se desnuquen ao repasarte de cima para baixo.

Assim, seja qual for a motivação que tenha aflorado em ti e, independentemente das metas que pretende alcançar, o caso é que você quer é incluir o exercício físico entre os seus hábitos. Mas para isso, você deve encontrar o centro perfeito, que lhe permita levar a cabo os propósitos que te tenha marcado. Siga as seguintes dicas para escolher o ginásio perfeito e que melhor se adapte às suas necessidades.

EXPERIMENTE ANTES DE INSCREVER-SE

Nem duvide. Que não se dê corte, aproxime-se e que se ensinem as instalações. Você deve conhecer o centro e o que é que está incluído dentro da cota que vai pagar nos próximos meses. Vai um dia e confira o estado das máquinas, a participação dos monitores de sala com o resto dos utilizadores e a programas de aulas. Desta forma, poderá avaliar se você se vai sair a conta ou não.

“Pode ser que o comercial de recepção seja um grande vendedor e se quiser captar como um cliente, mas exige que um dia de teste para analisar os serviços que utiliza frequentemente, quer seja na sala de fitness ou uma atividade dirigida concreta”, diz nosso especialista em fitness e colaborador Fito Florensa. Assim, estude todos esses aspectos, para estar completamente seguro de que a escolha que temos é a correta, já que as salas, o material e o pessoal deve estar à altura de suas expectativas , para que possa completar o treinamento, como você quiser.

Além disso, como aponta o nosso especialista em fitness Caio Martinez, “também é interessante que você tenha de tratamentos alternativos ao exercício físico, como por exemplo uma área de massagens, uma piscina ou uma sauna, uma vez que podem ser alguns interessantes espaços complementares para o seu treinamento“.

PESSOAL QUALIFICADO

Precisamente, é condição sine qua non para que o ginásio ao que você tenha no quadro de pessoal profissionais, desportivos e de saúde para lhe dar a atenção que merece. Porventura, não é óbvio que um piloto deve ser quem dirija um avião? Pois em um centro desportivo, o mesmo. E é que, no fim das contas, você vai pagar o dinheiro e não necessita apenas de algumas instalações, também pessoal que te aconselhe de forma adequada.

Neste sentido, o personal trainer Caio Martinez garante que o estabelecimento deve contar com “treinadores, nutricionistas e fisioterapeutas certificados que devem trabalhar em equipe para evaluarte e assessorar pessoalmente com uma mentalidade empática e motivadora e não com atitude comercial“.

Por outro lado, Fito Florensa diz que “antes de mais nada, tenta falar com os monitores de sala para que recomendem o treinamento que você deve seguir”. E acrescenta: “Pergunta se o preço que você paga, você entra o planejamento e programação de seu treinamento adequado para ti“.

MÁQUINAS

Outro requisito indispensável. Você tem que ficar satisfeito com os equipamentos de treino. Caio Martinez lembra que “o seu centro deve ter uma boa quantidade de máquinas, sistemas de polias e pesos livres, assim como também outros materiais de treino, como TRX, kettlebells, coletes ponderada paralela, bolas medicinais e outros”.

Por outro lado, tenha em conta a utilidade que estas máquinas possam ter em seus exercícios. Nosso colaborador habitual e especialista em fitness, Guilherme Azevedo, diz que “hoje em dia, muitos fabricantes concentram-se mais no design do que na sua verdadeira eficácia, pelo que é difícil encontrar máquinas realmente útil, como você pode ser um rack, barras ou um botão de punho”.

Em seu lugar podemos encontrar máquinas guiadas que, pelo contrário, reduzem o risco de lesão, mas também podem chegar a ser menos eficazes. Assim, Azevedo lembra que “deve ter claro como quer que seja o seu treino para dar com o ginásio que disponha de equipamentos que te permite levá-lo a cabo“.

MASSIFICAÇÃO

Você não vai estar só na sala, sei consciente de fazer isso, especialmente se você chegar a horas de ponta como, por exemplo, na saída do trabalho. É por isso que, provavelmente, tenha momentos em que as máquinas que você quer utilizar possam vir a ser ocupadas pelos veteranos do cotarro.

Como lembra Guilherme Azevedo, “um treino que tenha como objetivo obter resultados concretos deve seguir variáveis como a seleção de exercícios, mas também a ordem lógica destes para maximizar o desempenho, a densidade (tempo de descanso entre as séries e exercícios) e a intensidade”.

Assim, estuda-se o ginásio lhe vai permitir realizar o treinamento, ou não, em função de pessoas que possa vir a haver o dia que você experimentá-lo. A ideia é poder “treinar de acordo com um raciocínio lógico e não em função do que o resto dos utilizadores te deixar fazer”.

HIGIENE E ORDEM

Como tudo, uma imagem vale mais que mil palavras. E o que deve transmitirte o ginásio de boas a primeiras é uma sensação agradável e limpa. Caio Martinez ressalta que “uma distribuição ordenada da maquinaria e material fará com que seu treino seja mais eficaz”, enquanto que Fito Florensa destaca que “climatização da sala e o ambiente e conforto são importantes, já que não só as máquinas de treinamento devem adaptar-se a ti ergonomicamente, mas o centro também deve fazê-lo”.

LOCALIZAÇÃO

Sem dúvida alguma, este é um dos requisitos fundamentais na hora de escolher um centro de fitness. Já não se trata apenas de conforto, mas sim de praticidade. Como diz nosso especialista em fitness Caio Martinez, matricular-se em um que esteja perto de sua casa ou de seu trabalho é um motivo de peso para não colocar que dar desculpas no dia em que te dê preguiça de ir “seja por cansaço ou porque saiu tarde do trabalho”. Se você tem muito longe, por muito boas instalações e serviços que tenha, provavelmente caia no erro de deixar de ir quando a sua motivação seja escassa.

Outro de nossos colaboradores, Fito Florensa, também incide neste aspecto, já que “com o ritmo de trabalho e obrigações diversas como atender a sua família e os demais, você poderia parar de trabalhar se você não monta da forma mais cómoda e prática possível“, pelo que recomenda “ir para um centro próximo de ser regular no treino”.

O QUE DEVE INCLUIR A TAXA BÁSICA?

Como sempre, a resposta é “depende”. Como é lógico, depende do tipo de atividade que pretende levar a cabo no centro de fitness. Como aponta o nosso especialista em fitness fito Florensa, “se o que quer é treinar na sala de fitness, banho o mais rápido possível e usar sua toalha de casa que já se vai bem, sua cota não deve ser superior a 20€, aproximadamente”. Este é o preço que ofertam os tão famosos ginásios low-cost.

Mas, se as suas necessidades são outras, tudo vai depender de os serviços que você precisa, já que você pode estar disposto a pagar um preço mais elevado se estiver interessado em participar das diversas modalidades de aulas que lhe pode oferecer um centro de fitness. Até pode ser tolerante a uma cota superior se a sua intenção é realizar sessões de treinamento na piscina ou relaxar na sauna ou circuito de águas. Seja como for, você deve analisar suas necessidades e estabelecer um limite econômico e decidir se quer pagar o que eles pedem em função do que lhe oferecem.

7 dicas básicas para escolher o melhor ginásio | Fitness
Avalie Este Conteudo!